Reflexão - Fé

Essa é uma verdadeira historia de Fé!!!...

Deus ainda nos escuta?

Sim!!!

Um jovem esteve num estudo bíblico numa quarta-feira

à noite. O pastor havia discutido sobre ouvir

a Deus e obedecer a voz do Senhor.

O jovem não pode conter seu encantamento,

"Deus ainda fala com as pessoas?"

Depois do culto ele foi com alguns amigos

para um café e torta e eles discutiam

sobre a mensagem. Vários conversavam sobre

como Deus os havia guiado de diferentes formas.

Era mais ou menos 10 horas quando

o rapaz decidiu ir pra casa.

Sentado no carro, ele começou a orar:

- "Deus,

se Você ainda fala com as pessoas,

fale comigo.

Eu ouvirei.

Eu farei o impossível para obedecê-lo."

Enquanto ele dirigia pela rua

principal de sua cidade,

ele teve um dos pensamentos mais estranhos

que já teve,

parar e comprar um galão de leite.

Ele balançou a cabeça e disse em voz alta,

"Deus é Você?"

Ele não teve uma resposta e continuou

seguindo em direção a sua casa.

Mas de novo, ele pensou em comprar

um galão de leite. O rapaz pensou em Samuel

e como ele não tinha reconhecido

a voz de Deus, e como o pequeno Samuel

correu ao encontro de dele.

- "Ok, Deus, caso seja Você,

eu vou comprar o leite."

Isso não parecia ser um teste de obediência

tão complicado. Ele poderia usar o leite

quando quisesse.

Ele parou e comprou o galão de leite e

voltou a ir em direção de casa.

Quando passava pela rua Sete, ele sentiu

uma vontade incontrolável,

"Vire naquela rua".

Isso é loucura, ele pensou e

continuou em frente.

De novo, ele sentiu que deveria

voltar e virar na rua Sete.

No cruzamento seguinte ele voltou e

entrou na rua Sete.

Quase de gozação, ele disse alto,

"Ok, Deus, eu vou."

Ele seguiu algumas quadras,

quando de repente, ele parou por instinto.

Ele saiu do carro e olhou em volta.

Ele estava numa área semicomercial da cidade.

Não era a melhor e nem a pior vizinhança.

O comércio estava todo fechado e a

grande maioria das casas estavam às escuras

como se as pessoas já estivessem na cama.

De novo, ele sentiu algo,

"Vá e dê o leite para a

pessoa na casa do outro lado da rua."

O rapaz olhou a casa.

Estava escuro e parecia que

todos estavam dormindo ou então

tivessem ido embora.

Ele abriu a porta e então sentou no banco do carro.

"Senhor, isso é maluquice.

Essas pessoas estão dormindo e se eu

acordá-las, elas vão ficar com raiva de mim e vou

parecer um idiota."

De novo, ele sentiu que deveria ir e dar o leite.

Finalmente, ele abriu a porta,

"Ok, Deus, se é Você, eu vou ate aquela

porta e vou dar-lhes o leite.

Se Você quer que me olhem

como uma pessoa maluca, tudo bem.

Eu quero ser obediente.

Eu acho que isso vai contar para alguma coisa,

mas se eles não responderem de imediato,

eu vou embora daqui."

Ele atravessou a rua e tocou a campainha.

Ele pode ouvir um barulho dentro.

Uma voz masculina gritou,

"Quem é? O que Você quer?"

então a porta abriu antes

que o rapaz pudesse ir embora.

O homem estava na frente dele

usando um jeans e uma camiseta.

Parecia que tinha acabado de sair da cama.

Ele tinha um olhar estranho

e não parecia muito feliz

em ver um estranho na porta dele.

- "O que é?"

O jovem estava confiando no galão de leite.

"Aqui, eu trouxe isso para Você."

O homem pegou o leite e correu para dentro

pelo corredor falando um espanhol bem alto.

Então, do corredor apareceu uma mulher

carregando o leite pra cozinha.

O homem a estava seguindo e

carregando um bebê.

A criança chorava.

O homem tinha lágrimas nos olhos

que desciam pelo seu rosto.

Falando entrecortado pelo choro:

- "Nós estávamos rezando.

Tínhamos umas contas muito altas nesse mês

e ficamos sem dinheiro.

Não tínhamos nem para o leite do bebê.

Eu estava rezando prá Deus mostrar-me

um modo de conseguí-lo."

A esposa dele saiu da cozinha e gritou:

- "Eu pedi pra Ele nos mandar um

Anjo com um pouco de leite...

Você é um anjo?"

O rapaz então pegou sua carteira

e retirou todo o dinheiro que tinha nela

e pôs na mão do homem.

Ele se virou e andou em direção ao seu carro...

as lágrimas corriam pelo seu rosto.

Ele soube que Deus ainda respondia orações.

Posted by criptopage